Google+ Badge

sábado, 6 de agosto de 2011

Porque estamos sempre insatisfeitos?

Porque  estamos  sempre  insatisfeitos?
 
Temos dificuldade em prever nossas necessidades, preferências e desejos futuros e por isso acabamos muitas vezes insatisfeitos com nossas conquistas, pois quando chegamos onde desejávamos, já não temos as mesmas necessidades.
 
É como neste momento ter um desejo incontrolável de jantar em um certo restaurante. Você então liga para o restaurante e faz sua reserva. Não há mesas disponíveis porém para as próximas 2 semanas. Você faz a reserva mesmo assim e decide controlar seu desejo até lá. As 2 semanas se passam e chega o esperado dia. Neste dia porém, você não está a fim de comer naquele restaurante, você desejaria ficar em casa, você não está nos seus melhores dias. Mas a reserva já está feita e você resolver ir de qualquer forma. A experiência é decepcionante.
 
Você sabe que gosta daquele restaurante, mas por algum motivo, aquele não é o seu dia e você não consegue tirar o máximo proveito daquela experiência.
 
Você já passou por algo parecido? Você já planejou algo para o futuro baseando-se num desejo do momento que deve ser realizado no futuro porque por algum motivo você não pode saciá-lo no presente? Como você se sentiu quando de fato realizou seu desejo?
Freud já dizia que o ser humano é escravo dos próprios desejos. A maioria das pessoas vive para suprir seus desejos ou vive insatisfeita com a vida porque não consegue saciá-los. Em muitos casos de depressão, a razão apontada está relacionada com o fato de que a vida não é como a pessoa gostaria que fosse e ela não vê possibilidade futura de que possa construir a vida que deseja. Seus desejos não foram realizados, ou ela perdeu o que tinha que supria suas necessidades e ela acredita que não há mais chances de saciar seus desejos no futuro.
 
A ansiedade é o medo de que as coisas no futuro não aconteçam da forma desejada. O remorso é o sentimento de que as coisas no passado não ocorreram da forma esperada por culpa própria. Ambas as emoções refletem a escravidão aos desejos. Há uma interpretação, mesmo que inconsciente, de que a vida deve fazer as suas vontades, deve ser do jeito que você quer. Se a vida lhe puxa o tapete você fica bravo, frustrado, decepcionado, entra em depressão.
 
Se você se sente insatisfeito com relação a algo em sua vida, reflita sobre os motivos de sua insatisfação. Analise a forma como você se sente quando não consegue alcançar ou obter o que deseja. Você fica emburrado? Você fica triste? Você fica frustrado? Você fica nervoso? Você se sente ansioso com relação ao futuro, pois não admite que as coisas não aconteçam como você espera? Compreenda a forma como você lida com as próprias expectativas e experiências.
 
por Fran Christy