Google+ Badge

quarta-feira, 24 de outubro de 2012

Anatomia do Torcicolo


Por Gerson D’Addio
Torcicolo é uma alteração do tônus muscular na região cervical e ombros, caracterizado por contratura, normalmente de um lado, alteração na postura e dificuldade na movimentação da região. 
Há vários tipos de torcicolos: os mais comuns são denominados “repentinos” e são causados por fatores como estresse, má postura principalmente ao dormir (às vezes com travesseiros e colchões também impróprios), movimentos bruscos e alterações climáticas (principalmente frio, umidade e vento). Outros tipos de torcicolo são mais graves, como o congênito e o espasmódico. Nestes casos, as causas envolvem mecanismos mais centrais e tratamentos como massagens, Yoga e outras técnicas corporais são apenas paliativos.
Cuidado com o Yoga 
Algumas técnicas de Yoga podem até gerar contraturas cervicais quando mal executadas ou quando aplicadas sem respeitar contraindicações específicas. Exemplo clássico disto são as posturas invertidas como o sirshasana(invertida sobre a cabeça).
A prevenção de torcicolos repentinos inclui alongamentos e fortalecimento cervicais. No contexto do Yoga, técnicas como halasana (postura do arado) ematsyasana (postura do peixe) podem ser bons preventivos pelo alongamento que proporcionam respectivamente para músculos posteriores (trapézio, esplênio) e anteriores (esternoclidomastoídeo), porém são fortes demais para quem está com o problema.
brahmamudra (símbolo de Brahma) pode ser de grande valia, alongando e acionando moderadamente os músculos mais acometidos, como o esternoclidomastoídeo e o trapézio. Shavasana (postura do cadáver) também pode ajudar muito, pois o relaxamento profundo reduz o tônus muscular cervical, porém pode ser necessário um apoio para a cabeça em casos de pessoas que não a acomodam bem no chão quando em decúbito dorsal (deitados de barriga para cima).
Estas últimas técnicas, além do efeito preventivo, podem auxiliar no tratamento, desde que executadas com muito vagar e moderação, sem exigências que façam aumentar a dor ou a rigidez. No caso de torcicolos espasmódicos, é imprescindível o acompanhamento médico.


Gerson D’Addio da Silva é comunicador social e educador físico formado pela USP, pratica Yoga há 19 anos e leciona há 14. Formado em Yoga pela UniFMU e Kaivalyadhama Institute de Lonavla – Índia – é mestre em ciências pela FMUSP. Coordena o curso livre de formação da Humaniversidade e é professor no Colégio Marista Arquidiocesano e em vários cursos na área.